Laboratório de Estudos Interdisciplinares em Arqueologia
  • Bem vindo a página do LEIA!

    Publicado em 24/12/2016 às 16:13

    O Laboratório de Estudos Interdisciplinares em Arqueologia foi criado em 2011, pelo prof. Dr. Lucas Bueno, no Departamento de História da UFSC. O laboratório integra a linha de pesquisa História Indígena, Etnohistória e Arqueologia do Programa de Pós-Graduação em História (PPGH/UFSC). Desde 2012, realiza projetos em parceria com o Museu de Arqueologia e Etnologia Prof. Oswaldo Rodrigues Cabral (MARquE).

    –» Para saber maiores informações sobre o laboratório, acesse os botões do menu O LEIA no lado esquerdo da página. 


  • Disciplinas semestre 2020.1

    Publicado em 23/12/2016 às 12:10

    No semestre 2020.2, os professores Dr. Lucas Bueno e Dra. Juliana Salles Machado ministrarão a seguinte disciplinas:


  • Lançamento da Revista [Fag. Tar] a força delas

    Publicado em 08/05/2020 às 18:31
           É com imensa alegria que compartilhamos o lançamento de nossa Revista [Fag.Tar] a força delas, com a participação de várias colaboradoras, mulheres indígenas inspiradoras e fortes que tem nos motivado tanto nesta caminhada.
             A revista é resultado do projeto de extensão coordenado pela Profa. Dra. Juliana Salles Machado, e construído colaborativamente com diversas mulheres indígenas de distintos povos e regiões, e o primeiro passo para o Museu Digital de História Indígena, do qual a revista faz e cujo conteúdo começa a ser disponibilizado online.

    Acesse aqui: https://fagtar.org


  • Ajude a Frente Indígena de Prevenção e Combate ao COVID-19!

    Publicado em 03/04/2020 às 18:30

    Bom dia colegas,

    Escrevo para reforçar o pedido de divulgação, apoio e colaboração com a campanha da Frente Indígena e Indigenista de Prevenção e Combate do Coronavírus em Terras Indígenas da Região Sul do Brasil, que conta com a participação e organização de Joziléia Daniza Kaingang, doutoranda do PPGAS-UFSC e coordenadora pedagógica do curso Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica, da UFSC, e dos egressos Eunice Antunes (Kerexu Yxapypy) e Davi Timóteo Martins (Werá), também mestrando no PPGAS-UFSC. A Frente divulgou documento dia 30 de março, no qual são explicitadas razões da necessidade e da importância de doações aos povos indígenas da região Sul do Brasil.

    É crescente a preocupação referente à situação de especial vulnerabilidade dos Povos Indígenas Guarani, Kaingang e Laklãnõ/Xokleng da região sul do Brasil neste momento em que a pandemia do Coronavírus está se aproximando cada vez mais das aldeias indígenas.

    Por que os povos indígenas aqui em Santa Catarina são especialmente vulneráveis? Três razões merecem atenção:

    Primeiro, por que as aldeias e os acampamentos indígenas aqui em Santa Catarina em sua maioria se situam próximo as áreas urbanas, o que as expõe agudamente ao risco de contágio pelo coronavírus.

    Segundo, porque as comunidades Indígenas são contextos propícios a uma rápida disseminação do vírus pela forma de convivência social das famílias indígenas, que são numerosas e contam com muitos idosos e crianças vivendo juntos e em continuo contato.

    E, terceiro, porque uma atividade econômica fundamental para a subsistência das comunidades indígenas é a comercialização de artesanato. Como durante a quarentena eles não podem contar com essa renda, é crucial proporcionar segurança alimentar aos povos indígenas nas atuais condições de isolamento.

    COLABORE!

    Doações financeiras: campanha “Doa-lá” no link https://doacaolegal.com.br/c/frente-indigena-de-prevencao-e-combate-ao-covid-19?fbclid=IwAR0HbZijZgRmbvV7AnbE2GymCeRQ6l2ITHBx7ogmVl_3OWTfkaL–GgNj3M

    Doações de cestas básicas ou alimentos não perecíveis, materiais de higiene e limpeza:
    Pontos de coleta nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, nos polos base da SESAI, CRS, CTLS da FUNAI e outros. Os produtos doados serão higienizados pela SESAI antes de seguirem para as comunidades.

    Endereços em Santa Catarina:
    SESAI
    São José – Rua Cap. Pedro Leite, 530 – Barreiros, São José/ SC – (48) 3049-8521
    Araquari – (47) 3447-1443
    Chapecó – Rua Curitiba, 465 D, Santa Maria. Chapecó/SC. – (49) 3323-3022
    Ipuaçu – Rua Pagnocelli, 358, Centro. Ipuaçu/SC. – (49) 3449-0552
    FUNAI
    São José – Rua Joaquim Vaz, 1322 – Campinas. São José/SC – (48) 3244-0469
    Chapecó – Rua Mal. Mascarenhas de Moraes, Parque das Palmeiras. Chapecó/SC. – (49) 3322-0024.
    José Boiteux – Rua Primeiro de Maio, 51 – Centro. José Boiteux/SC. – (47) 3352-7352

    Professora Dra. Juliana Salles Machado


  • Abertas Inscrições Curso de Extensão: Paleoetnobotânica e Palestra com a professora Dra. Myrtle P. Shock (UFOPA)

    Publicado em 11/03/2020 às 11:08

    Entre os dias 24 e 27 de Março a professora Dra. Myrtle P. Shock (UFOPA) irá ministrar um curso de extensão na Universidade Federal de Santa Catarina de Introdução a Paleoetnobotânica e também um curso de Prática de análise de Macrovestígios Vegetais (Vagas Limitadas). A professora também ira ministrar uma palestra “Histórias arqueológicas do manejo de plantas na Amazônia” no dia 30 de Março ás 14:30 no auditório do CFH, sendo esta aberta ao público geral.

    As inscrições para o curso serão feitas até dias 18, clique aqui para acessar o formulário de inscrição. Maiores informações nos cartazes abaixo:

     

    Curso:

     

    Palestra:


  • Seleção Para Bolsista de Extensão 2020

    Publicado em 20/02/2020 às 14:14
    Esta aberta inscrição para seleção de bolsista de extensão para o novo projeto de Museu Digital de História Indígena, uma extensão do projeto das mulheres indígenas (Fag.Tar), coordenado pela professora Dra. Juliana Salles Machado. A seleção procura especialmente pessoas que saibam trabalhar com websites, imagens e comunicação.

    A vigência da bolsa será de 1o de março a 31 de dezembro de 2020.

    As inscrições deverão ser realizadas no período de 27 de fevereiro 2020 a 13 de março de 2020, serão feitas por email.

    Para maiores informações baixe o edital no link a seguir:

    Chamada Bolsa EXTENSÃO LEIA


  • I Simpósio de História Global da UFSC

    Publicado em 25/11/2019 às 21:22

    Nos dias 2 e 3 de setembro será realizado o  I Simpósio de História Global da UFSC, organizado pelo Programa de pós-Graduação em História da UFSC no Auditório do bloco E-Anexo, CFH, UFSC. Segue o resumo do evento:

    “Desde 2018, o Programa de pós-Graduação em História da UFSC tem como área de concentração a História Global. Definida de múltiplas maneiras – ora como campo, ora como objeto de pesquisa, ora como método – a História Global tem atraído a atenção dos pesquisadores que buscam ultrapassam as fronteiras tradicionais de suas sub-áreas. O contexto plural e multivocal do campo aponta para diversas formas de se fazer, divulgar e se apropriar das novas histórias globais, com destaque para as historiografias indianas, chinesas e latinoamericanas, ao lado das historigorafias européias e norte-americanas. Contando com pesquisadores oriundos de instituições universitárias de diferentes regiões do país e com diferentes bagagens e formações, da História Antiga à História Contemporânea, dos Estudos de Gênero à História Econômica, da Arqueologia às Relações Internacionais, o I Simpósio de História Global da UFSC visa participar desta construção coletiva de escopo planetário reforçando as “Vozes do Sul”.”

     

    Para mais informações sobre esse evento clique aqui.

     

     


  • II Simpósio História Pública em Rede

    Publicado em 17/11/2019 às 18:42

    Nos dias 18 e 19 de Novembro ocorre o II Simpósio História Pública em Rede. A professora Dra. Juliana Salles Machado irá participar da mesa “Disputas pela memória e mídias digitais” no dia 18 de novembro (segunda) ás 9 horas no Anfiteatro do CFH (Bloco B).

    Laboratório de Estudos Interdisciplinares em Arqueologia (LEIA) também contará com a apresentação de três pôsters que estarão no Hall do CFH (Bloco B):
    – Florianópolis Arqueológica
    – LEIA: Arqueologia em ação
    – Fág.Tar: as narrativas delas. Redes digitais e mulheres indígenas na história

    Programação:

    Mais informações nesse link.


  • Nova sala do Laboratório no CFH!

    Publicado em 16/11/2019 às 21:18

    O LEIA está de sede nova! Agora nosso laboratório ganhou um novo espaço, localizado no Departamento de História, CFH, Bloco C, 2 andar, bem em frente a escada! Venha nos visitar!

     

     


  • Alunos se reúnem com primeira indígena de formação arqueológica do país

    Publicado em 16/11/2019 às 17:12


    “Representante do povo Laklãnõ, Walderes Coctá Priprá, considerada a primeira indígena do país com formação na área de Arqueologia, esteve na Universidade Federal de Pelotas (UFPel) para participar do Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira. Além de apresentar sua pesquisa, que tem como foco os locais de memória de sua etnia – a única do Brasil, localizada em Santa Catarina -, ela participou de uma roda de conversa com estudantes indígenas da UFPel.”

    Fonte: Radiocom

    Walderes Coctá Priprá é aluna do programa de pós graduação em  História na UFSC, na linha de pesquisa História Indígena, Etnohistória e Arqueologia.

    Leia a matéria completa no link Abaixo:

    Alunos se reúnem com primeira indígena de formação arqueológica do país

     


  • Novas publicações

    Publicado em 15/08/2019 às 18:53

    Recentemente, dois novos artigos foram publicados por pesquisadores do LEIA discutindo a ocupação da América, confira abaixo as referências linkadas aos textos:

    • Bueno, Lucas. Arqueologia do povoamento inicial da América ou História Antiga da América: quão antigo pode ser um ‘Novo Mundo’? Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, Belém, v. 14, n. 2, p. 477-495, maio-ago. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1981.81222019000200011.

    Bueno L; Betarello, J.; Lima, F. O Vale do rio Tocantins entre o fim do Pleistoceno e o Holoceno Médio: discutindo hipóteses sobre povoamentos e fronteiras. REVISTA DEL MUSEO DE LA PLATA. 2019, Volumen 4, Número 2: 437-462

    Outra publicações podem ser acessadas na página Artigos.


  • LEIA na Sexta – 17/05

    Publicado em 14/05/2019 às 13:24

    No dia 17 de maio de 2019 será iniciado mais um ciclo de palestras do LEIA na Sexta, as 14h, no auditório do EFI/UFSC. Lucas Bond Reis, estudante de doutorado na Universidade do Arizona, é o convidado da vez. Confira abaixo o cartaz e o resumo da apresentação.

     

    Arqueologia em Florianópolis: história, pesquisas e contextos 
    Nessa palestra será apresentado um panorama do desenvolvimento das práticas arqueológicas em Florianópolis desde o século XIX, destacando personagens e instituições que participaram ativamente desse processo, sem deixar de situar os eventos perante a conjuntura nacional de evolução da disciplina. Considerando o papel importante da UFSC nesse processo, será dedicada uma atenção especial as atividades realizadas na instituição. Além disso, serão apresentadas informações gerais acerca de aspectos tecnológicos e cronológicos dos contextos identificados no território municipal da capital catarinense.